Acará-disco – Patologia de peixes ornamentais – Corrosão ou apodrecimento de nadadeiras.

Acará-disco – Patologia de peixes ornamentais – Corrosão ou apodrecimento de nadadeiras.

nadadeira2 300x224 Acará disco – Patologia de peixes ornamentais – Corrosão ou apodrecimento de nadadeiras.

Nadadeira Corroída

Este tipo de patologia é comum entre muitas espécies de peixes ornamentais, entre elas o Acará-disco é causada por diversos tipos de bactérias dos gêneros Pseudomonas, Mycobacterium, Aeromonas, entre outras e também pode ocorrer quando a acidez do aquário está elevada.

 Sintomatologia:nadadeira 220x300 Acará disco – Patologia de peixes ornamentais – Corrosão ou apodrecimento de nadadeiras.

O peixe começa apresentar pequenas falhas nas nadadeiras, essas falhas vão aumentando e logo se percebe a corrosão e apodrecimento de grande parte das nadadeiras, além disto, podem aparecer fungos no local que irão piorar a doença.

 

Tratamento:

 

O tratamento pode ser feito com bactericida e fungicida, além de aumento na temperatura do aquário.

 

Prevenção:

 

Bactérias se proliferam rapidamente e a transmissão para os outros integrantes do cardume também, por isso é muito importante observar sempre o seu aquário, manter a limpeza em dia, pois, bactérias gostam de ambientes sem manutenção com restos de alimentos e fezes, além disto, é importante manter a estabilidade do aquário, respeitar os parâmetros específicos da água para a espécie e oferecer sempre alimentos de qualidade para manter a imunidade alta.

Dúvidas?

bio.barandiscos@gmail.com

Fernanda Moraes

Bióloga - Baran Discos

www.barandiscos.com.br
55 11 4305-9300
55 11 4305-9400

Posted in Uncategorized

Acará-disco – Dimorfismo sexual.

casalblog Acará disco – Dimorfismo sexual.

Acará-disco

Dimorfismo sexual o nome parece complicado, mas na verdade significa uma coisa muito simples é apenas a diferença morfológica entre o macho e a fêmea. Em determinadas espécies existem diferenças bem visíveis entre o macho e a fêmea em outras a diferença é mínima ou aparentemente inexistente. Na maioria das espécies os machos podem ser reconhecidos por ser mais vistosos ou mais coloridos que as fêmeas, este tipo de diferença é bem comum entre as aves e os peixes.

Os Acarás-disco são peixes que tem a reprodução e formação de casal das mais comentadas entre os ornamentais, por sua beleza e por não ser fácil de reproduzir.

Isto também leva as dúvidas sobre as diferenças morfológicas entre os machos e as fêmeas.

Não é fácil distinguir o macho da fêmea, porque o dimorfismo entre os Discos não é muito acentuado e ainda existem os indivíduos que enganam, ou seja, tem características do sexo oposto.

As duas dicas mais populares entre os criadores de Discos para diferenciar machos de fêmeas são pela nadadeira dorsal e pela guelra, a nadadeira dorsal do macho é mais pontuda que a da fêmea e a guelra do macho mais quadrada, geralmente, o macho é maior que a fêmea, porém as características como já mencionado podem se diferenciar de individuo para individuo.

Dúvidas?

bio.barandiscos@gmail.com

Fernanda Moraes

Bióloga - Baran Discos

www.barandiscos.com.br
55 11 4305-9300
55 11 4305-9400
Posted in Uncategorized

Acará-disco – Patologia de peixes ornamentais – Ferimentos.

A maioria das doenças que são comentadas e questionadas, geralmente é causada por parasitas, bactérias, fungos e vírus. Porém, não são só estes fatores que causam doenças nos Acarás-disco, os ferimentos podem trazer doenças para peixes saudáveis e até para o aquário.

yellow crystal 150x150 Acará disco – Patologia de peixes ornamentais – Ferimentos.

Yellow Crystal

É muito comum que você olhe seu aquário hoje e todos os peixes estão se alimentando perfeitamente e nadando saudáveis, sem nenhum problema no outro dia você olha para o aquário e vê que há um peixe machucado que para de se alimentar e depois de alguns dias se o ferimento não foi tratado outros peixes apresentam comportamento estranho e algum tipo de patologia.

Os machucados ou ferimentos podem acontecer há qualquer momento e por vários motivos, o peixe pode se assustar dentro do aquário e nadar de forma que bata na decoração ocasionando uma lesão, agressividade e brigas com outros membros do cardume e até incômodos causados por parasitas ou coceiras normais que levam o peixe a se raspar na decoração do aquário podendo gerar ferimentos.

É difícil prevenir este tipo de acontecimento, pois o peixe irá levar uma vida normal dentro do aquário, conviver com os outros peixes e isto é saudável para eles. Portanto o que deve- se fazer quando nota-se um ferimento é tratar o peixe e de preferência separá-lo dos demais para evitar a entrada de parasitas, bactérias, fungos e infecções secundárias que podem complicar muito a situação do peixe e dependendo do tipo de patologia secundária pode levar o peixe ao óbito.

O tratamento nestes casos deve ser feito logo que se nota o ferimento para evitar as complicações e pode ser com bactericida e fungicida.

Bactericida e Fungicida Acará disco – Patologia de peixes ornamentais – Ferimentos.

Bactericida e Fungicida

Dúvidas?

bio.barandiscos@gmail.com

Fernanda Moraes

Bióloga - Baran Discos

www.barandiscos.com.br
55 11 4305-9300
55 11 4305-9400
Posted in Uncategorized

Acará-disco: Patologia de peixes ornamentais – Girodactilose

gyrodactylus 300x198 Acará disco: Patologia de peixes ornamentais – Girodactilose

Gyrodactylus sp.

A Girodactilose é causada por um parasita chamado Gyrodactylus sp. trata se de um pequeno trematódeo monogenético, vivíparo, que não possui estágio larval e seu desenvolvimento é direto. Sua reprodução ocorre muito rapidamente, porém seu ciclo de vida é bastante curto.  O parasita se fixa no peixe através de um gancho e uma ventosa, se alimenta de sangue, mucosas e células epiteliais.

Sintomas:

Os Acarás-disco quando acometidos, geralmente perdem sua cor vibrante, podem emagrecer, escurecem, fecham as nadadeiras, ficam irritados, ofegantes, e as brânquias podem abrir e fechar com movimentos descoordenados, em alguns casos o peixe não consegue abrir uma delas, o parasita pode causar lesões na pele que levam as infecções secundárias e entrada de outros parasitas, bactérias e fungos, tornando o estado de saúde do animal bastante complicado.

Tratamento:

Devem ser utilizados medicamentos próprios para ectoparasitas de amplo espectro, banhos de sal também podem ser feitos nos peixes acometidos.

Prevenção:

Mantenha a qualidade de sua água, ofereça alimentos de qualidade para os seus peixes e procure manter a imunidade de seus peixes sempre alta.

Dúvidas?

bio.barandiscos@gmail.com

Fernanda Moraes

Bióloga - Baran Discos

www.barandiscos.com.br
55 11 4305-9300
55 11 4305-9400
Posted in Uncategorized

Acará-disco – A importância da proteína para os peixes ornamentais.

Para que possamos entender a importância das proteínas, primeiro precisamos saber o que é uma proteína. Proteínas são moléculas orgânicas presentes nas células, formadas por aminoácidos e com diversas funções no organismo, são muito importantes para todos os animais e também para os vegetais.

Scorpion 300x224 Acará disco – A importância da proteína para os peixes ornamentais.

Scorpion

Entre as funções das proteínas, podemos citar transporte, catalise, nutrição, controle metabólico, entre outras.

Porque as proteínas são importantes para os peixes ornamentais?

A resposta para esta pergunta é simples. Como as proteínas são muito importantes para as células, o organismo necessita delas para realizar funções vitais e os peixes adquirem as proteínas através da alimentação como todos os animais.

Além de nutrir os peixes elas irão, controlar o metabolismo, agir no sistema de defesa do organismo, armazenar substâncias e protegem contra infecções.

O peixe que sofre de deficiência de proteínas tem problemas para realizar todas essas funções, podendo levá-lo a diversas patologias.

A escolha da alimentação é um fator determinante, para que os Acarás-disco se desenvolvam de forma saudável, tente escolher uma ração com níveis de proteínas dentro dos padrões recomendados, procure variar as rações oferecidas fazendo um mix de rações ou oferecendo um tipo a cada refeição, o Acará-disco precisa ter uma alimentação balanceada, a proteína é fundamental e não pode faltar, porém o seu excesso também faz mal ao peixe.

dalio 150x135 Acará disco – A importância da proteína para os peixes ornamentais.

D´allio Plus

granadiscus 144x150 Acará disco – A importância da proteína para os peixes ornamentais.

Grana Discus

 

 

 

 

 

 

 

 

Dúvidas?

bio.barandiscos@gmail.com

Fernanda Moraes

Bióloga - Baran Discos

www.barandiscos.com.br
55 11 4305-9300
55 11 4305-9400
Posted in Uncategorized

Acará-disco – Patologia de peixes ornamentais – Capillaria sp.

capillaria 300x201 Acará disco   Patologia de peixes ornamentais   Capillaria sp.

Capillaria sp.

A Capillaria sp. é um parasita interno nematoda, que acomete várias espécies animais, é bastante comum entre os peixes incluindo o Acará-disco, este parasita ou verme como comumente chamamos, parasita o intestino dos peixes.

A transmissão pode ser através de alimento vivo contaminado, porém é bastante rara essa forma de contágio, geralmente outros peixes de mesma espécie ou não contaminados, levam o parasita para o aquário, não é possível identificar a doença em estágios iniciais para saber se o peixe está ou não com o parasita.

 Sintomas:

Como a maioria dos vermes a Capillaria sp. causa para o Acará-disco o emagrecimento este é o principal sintoma, a testa afina, os olhos ficam destacados, fazendo com que a cabeça fique maior do que o resto do corpo, o peixe também pode parar de se alimentar em alguns casos. Os parasitas internos como este são mais difíceis de ser diagnosticados, porque demoramos em perceber os sintomas.

 Tratamento:

O tratamento é feito com medicamentos específicos para combater nematódeos, porém como sempre ressaltamos em nossos artigos todas as doenças tornam-se mais graves quando a imunidade do peixe está baixa, portanto a qualidade da água é um fator determinante para a saúde dos Discos, além da boa alimentação, é claro, e como a forma de transmissão é geralmente feita por outros peixes sempre compre em locais confiáveis.

 

Dúvidas?

bio.barandiscos@gmail.com

Fernanda Moraes

Bióloga - Baran Discos

www.barandiscos.com.br
55 11 4305-9300
55 11 4305-9400
Posted in Uncategorized

Acará-disco – Discus Disease (Doença dos Discos).

A doença dos Discos ou Discus Disease como é chamada, não se trata de nenhuma patologia específica, mas de várias patologias juntas.

Como as bactérias, fungos e parasitas são oportunistas uma coisa acaba chamando a outra, basta o peixe ter algum problema para aparecer vários outros juntos como infecções secundárias.

O fator principal que causa tudo isto, é uma baixa na imunidade do peixe por algum motivo, geralmente relacionado ao ambiente ou por situações de stress.

Quando a imunidade baixa o Disco irá ficar mais susceptível as doenças, e quando uma patologia consegue se instalar no corpo do animal as oportunistas se aproveitam da situação para se instalar e o resultado disto é o Acará-disco bem debilitado e com várias doenças ao mesmo tempo.

Não é fácil identificar um tipo de doença nos peixes, quando se trata de várias fica bem mais complicado e para tratar também é mais difícil, porque as patologias têm particularidades e quando são várias ao mesmo tempo a eficácia do tratamento pode não funcionar.

 

Sintomatologia:

Discus Disease.photo  300x237 Acará disco   Discus Disease (Doença dos Discos).

Discus Disease
www.barandiscos.com.br

Neste caso os sintomas serão gerais, pois não estamos falando de um caso específico, os sintomas de Discos mais comuns em quase todas as patologias são:

- Nadadeiras fechadas (todas incluindo a nadadeira dorsal).

- Escurecimento ( O disco fica muito escuro e perde a sua cor original no período da doença).

- Irritação

- Perda de apetite

- Comportamento Grupal

- Isolamento do grupo

 

Tratamento:

 

Como já mencionado tratar a Discus Disease não é fácil, pois não se sabe exatamente quais doenças estão acometendo os peixes, portanto como sempre mencionamos aqui vou repetir nesses casos a melhor forma é prevenindo, mantendo principalmente a imunidade estável de seus Discos. Caso utilize medicações para tratar busque sempre orientação de um especialista veterinário.

Dúvidas?

bio.barandiscos@gmail.com

Fernanda Moraes

Bióloga - Baran Discos

www.barandiscos.com.br
55 11 4305-9300
55 11 4305-9400
Posted in Uncategorized

Acará-disco – Alcalose e Acidose no aquário.

 

Quando o pH do aquário fica muito ácido ou muito alcalino é sinal de problemas para os Acarás-disco.

Escala do pH1 Acará disco – Alcalose e Acidose no aquário.

Escala-do-pH1

Quando a água do aquário está alcalina com pH acima de 9.0 recebe o nome de Alcalose. Para acará-disco não devemos deixar a água alcalina, se o pH de seu aquário chegar a este nível irá causar doenças sérias para os peixes e poderá levá-los a morte. Porém, não é muito comum casos de alcalose em aquários de Acará-disco.

A acidose ocorre quando o pH está abaixo de 5.0, como Discos são peixes de água ácida é comum acontecer acidose nos aquários de Discos, isso pode ocorrer se na troca de água o pH entrar bem mais ácido do que o do aquário, os restos de comida, fezes, restos mortais de peixes, moluscos, deixar de fazer manutenção no aquário, usar CO2 sem válvula solenóide, todos esses fatores podem contribuir para um pH extremamente ácido e também pode causar doenças para os peixes.

Os sintomas de quando a água está muito ácida em seus Discos são: nadadeiras corroídas, escurecimento, respiração ofegante, e se não for corrigido o peixe pode morrer por infecções secundárias ou parasitas e bactérias oportunistas, sabemos que nem sempre que os Discos apresentam esses sintomas é devido ao pH, mas é bom realizar sempre um teste para verificar se está normal.

1101 Discus Buffer 250g Seachen 150x150 Acará disco – Alcalose e Acidose no aquário.

Discus Buffer? Na Baran Discos tem!!! Acesse: www.barandiscos.com.br

 

Para corrigir os dois problemas é bem simples, deve-se realizar troca parcial de água em torno de 10% por dia até que o pH volte a ficar adequado, em caso de água ácida coloque água mais alcalina e vice-versa, coloque a água bem devagar no aquário para não causar choque de pH nos peixes.

 

Outra forma de prevenir esses problemas é utilizando o Discus Buffer que além de regular o pH em 5.8 a 6.8 irá manter o pH estável, por isso é importante usar ao montar o aquário e também em todas as trocas parciais de água para evitar que este tipo de problema ocorra. Os ácidos são voláteis e evaporam, causando uma variação muito grande no aquário de um dia para outro, por isso os tamponadores realmente são mais eficazes.

Dúvidas?

bio.barandiscos@gmail.com

Fernanda Moraes

Bióloga - Baran Discos

www.barandiscos.com.br
55 11 4305-9300
55 11 4305-9400
Posted in Uncategorized

Acará-disco e os Aceleradores Biológicos? O que são? Para que servem mesmo?

 

É bastante comum que muitas pessoas fiquem com dúvidas quando falamos em aceleradores biológicos.

Afinal, o que eles são mesmo?

Os aceleradores biológicos são culturas de bactérias (milhares de bactérias), especializadas em decompor elementos orgânicos e substâncias tóxicas que fazem mal para os peixes como amônia, nitrito e nitrato, além de auxiliar contra a turbidez da água e formação de algas.

Para que servem os Aceleradores Biológicos e quando e como devo usar?

Como citamos, estes produtos servem para decompor estes elementos e substâncias que podem causar problemas à saúde dos peixes. Quando montamos o aquário, por mais que colocamos a água preparada com condicionador e tamponador e na temperatura ideal, é arriscado colocar os peixes quando o aquário está recém montado, justamente por não ter biologia formada. A “biologia“ que é tão importante para a estabilidade do aquário, são essas bactérias do bem, que tem o papel de retirar as substâncias maléficas do ambiente.

Claro que quando montamos um aquário, o objetivo principal é colocar logo os novos moradores, ao ver aquele belo aquário montado a ansiedade que nos toma parece de criança quando tem excursão na escola, queremos logo os Acarás-disco no aquário. Mas, o aquário tem que ciclar, ou poderá ser prejudicial para os peixes e isso pode demorar um certo tempo, até meses para que a biologia se forme naturalmente, está ai a outra vantagem de usar os aceleradores biológicos e como o próprio nome já diz, eles aceleram o processo de formação da biologia e são totalmente inofensivos para o aquário e não contaminam a água. Com seu uso diário os peixes poderão ser inseridos mais rápido no aquário e você não terá problemas de pouca biologia ou aquário instável, devido ao processo lento da formação natural.

Aquário em L de Acará Disco Estabilizado 1024x768 Acará disco e os Aceleradores Biológicos? O que são? Para que servem mesmo?

Aquário em L de Acará Disco Estabilizado – Robson Andrade

Ao montar o aquário é aconselhável que use o acelerador diariamente, de acordo com a especificação do fabricante, para aquários já maturados e com peixes você também poderá utilizar, após a troca de água para repor a biologia da água ou em casos de instabilidade, aumento de substâncias tóxicas, turbidez e até formação de algas.

 

Dúvidas???

Fale com a Bióloga: bio.barandiscos@gmail.com

Fernanda Cerqueira de Moraes

Bióloga – BaranDiscos

www.facebook.com/BaranDiscos

(11) 4305-9300 / 4305-9400 / 98339-9903

Posted in Uncategorized

ACARÁ-DISCO – CUIDADOS COM SEU AQUÁRIO AO SAIR DE FÉRIAS

As viagens de festas/férias e os cuidados com o seu aquário de Acará-disco.

No período de férias/final de ano é muito comum nos ausentarmos por alguns dias para aproveitar com a família ou amigos dias de descanso e lazer.

Porém, para aquaristas, sair de casa e deixar o aquário sozinho torna-se um verdadeiro dilema, e muitos acabam adiando ou até mesmo cancelando este momento familiar tão especial desnecessariamente.

Várias são as questões sobre isso:

Quem irá alimentar os meus peixes enquanto estarei fora?

Quanto à manutenção do aquário, como saberei que os níveis tóxicos na água não subirão?

E se a temperatura subir muito ou cair muito?

A iluminação diária como ficará? Devo deixar o aquário apagado ou aceso o tempo todo?

Todas essas perguntas que parecem difíceis de responder são mais fáceis de resolver do que pensamos. Relacionamos abaixo algumas dicas que estão ao alcance de todos:

 

ALIMENTAÇÃO:

A alimentação é uma das coisas mais simples de se resolver, basta utilizar um alimentador automático e regular quantas vezes por dia seus peixes estão acostumados a comer, ele irá oferecer a quantidade ideal para que não ocorram sobras e não haja risco de subir os níveis de amônia.

 TPA:

No dia anterior a viagem faça uma boa troca de água em seu aquário, tomando todos os cuidados para não haver mudanças nos parâmetros de temperatura e pH que estavam antes da troca, é importante ressaltar que não haja variações deste tipo no aquário antes da viagem para não mexer com o sistema imunológicodos peixes.

 TEMPERATURA:

Para não correr riscos com a temperatura, vale à pena investir em um termostato de confiança que tenha o regulador de temperatura, e a mantenha sem variações, lembrando sempre que o ideal para o Acará-disco é 1W por litro.

ILUMINAÇÃO:

Quanto à iluminação também é bem fácil de resolver, coloque um timer e ajuste o horário que deseja que a luz seja ligada e desligada de acordo com o costume.

Lembre-se: O aquarismo deve ser um hobby prazeroso e não um fardo pesado a ser carregado…

Vá! Divirta-se com sua família e amigos, eles também gostam da sua companhia!!!

Com essas dicas ficará bem mais fácil curtir suas férias sem ter surpresas desagradáveis ao retornar.

Boa viagem!!!

 

Fernanda Moraes

Bióloga - Baran Discos

 

Acesse nosso site: www.barandiscos.com.br

CURTA E COMPARTILHE a Baran Discos no FACEBOOK:

www.facebook.com/BaranDiscos

55 11 4305-9300

55 11 4305-9400

Posted in Uncategorized